BLOG

Idosos são incentivados a permanecerem em forma, isolados, com recomendações de exercícios indoor

 Matéria veiculada no The Telegraph, 21/03/2020.

O título dessa reportagem mostra a preocupação com os idosos, vulneráveis e aqueles com condições de saúde subjacentes que têm maior probabilidade de morrer se contraírem o vírus. Eles também correm maior risco de perda de força e massa muscular devido à inatividade física (sarcopenia). O isolamento domiciliar traz outro agravante, a ausência de exposição solar, o que reduz a produção de vitamina D. A vitamina D insuficiente pode desequilibrar a microbiota intestinal e interferir na imunomodulação, principalmente de idosos, nos quais tanto a absorção intestinal, quanto a interconversão epidérmica da vitamina D ativa estão diminuídos.

Na prática, é recomendável que idosos em isolamento domiciliar, e sem muita limitação funcional:
Permaneçam menos tempo sentados ou deitados;
Busquem orientação on line com educador físico para exercícios de força com utensílios simples como garrafas d´água, cadeiras, mini bands (látex);
Se exponham ao sol (braços e/ou pernas, no mínimo), sem protetor solar, por 20 minutos, 4X/semana, na faixa horária de 10-14 hs. Em apartamentos, na sacada ou em cômodos que entre a luz solar, sem interposição da vidraça;
Manter uma alimentação variada com legumes, verduras e frutas, preferencialmente de diferentes cores (agentes antioxidantes), com inclusão de laticínios (fortificados com VitD), ovos (aminoácidos essenciais) e margarinas enriquecidas com VitD.

Essas orientações, de ordem geral, são importantes para evitar o declínio funcional e a vulnerabilidade imunológica de idosos em isolamento domiciliar por prazo ainda incerto, diante da pandemia do COVID-19.

Referências:
Del Valle HB, Yaktine AL, Taylor CL, Ross AC. Dietary reference intake for calcium and vitamin D: National Academies Press;2011.
Choi JH, Lee B, Lee JY, Kim CH, Park B, Kim HJ et al. Relationship between Sleep Duration, Sun Exposure, and Serum 25 Hydroxyvitamin D Status: A Cross-sectional Study. Sci Rep. 2020;10(1):1-8.
Bellan M , Andreoli L, Mele C, Sainaghi PP, Rigamonti C, Piantoni S et al. Pathophysiological Role and Therapeutic Implications of Vitamin D in Autoimmunity: Focus on Chronic Autoimmune Diseases. Nutrients 2019;12(789):1-29. 
Fakhoury HMA, Kvietys PR, AlKattan W, Al Anouti F, Elahi MA, Karras SN et al. Vitamin D and intestinal homeostasis: Barrier, microbiota, and immune modulation Journal of Steroid Biochemistry and Molecular Biology.2020;200:1-9.
Liao CD, Chen HC, Huang SW, Liou TH. The Role of Muscle Mass Gain Following Protein Supplementation Plus Exercise Therapy in Older Adults with Sarcopenia and Frailty Risks: A Systematic Review and Meta-Regression Analysis of Randomized Trials. Nutrients. 2019;11(8):1-23.

dr_ca

Sobre

O médico nutrólogo Carlos Alberto Werutsky atua desde 1979 na área. Diretor do Departamento de Nutrologia Esportiva da ABRAN, professor, consultor e autor do livro Nutrologia Esportiva.

Últimas postagens